Logo Observador
Elétricos

Eléctricos e híbridos batem recordes na Europa

A procura por veículos eléctricos e híbridos acaba de bater um novo recorde na Europa, neste primeiro trimestre. Com Portugal a contribuir com uma subida nas vendas de 49,1%.

As vendas de automóveis eléctricos aumentaram de forma mais evidente em Portugal do que no resto da Europa, quando comparados com os híbridos

Autor
  • Francisco António

Resultado também do esforço que os construtores automóveis têm vindo a fazer, não só no desenvolvimento das tecnologias, mas também no despertar do interesse junto do grande público, a venda de veículos eléctricos e híbridos na Europa, alcançou, nos primeiros três meses de 2017, um novo recorde: 212.945 veículos com sistemas de propulsão alternativos foram matriculados durante este período. Número que representa não apenas um crescimento de 37,6% face a 2016, mas também o cada vez maior interesse da parte dos consumidores, por este tipo de automóveis.

Os dados, fornecidos pela Associação Europeia de Construtores Automóveis (ACEA), revelam ainda que as maiores subidas na procura por este tipo de veículos, identificados com a sigla AFV (Alternative Fuel Vehicles), aconteceram em países como Espanha, onde o crescimento atingiu mesmo a impressionante percentagem de 87%, e na Alemanha, com uma subida de 67,5%. Com Portugal a surgir logo atrás, com uma subida na procura na ordem dos 49,1%.

Num período em que o interesse neste tipo de propostas cresceu, suplantando assim o crescimento moderado registado no final do ano transacto, destaque ainda para o facto de os veículos eléctricos terem contribuído para esta subida com 47.196 unidades, contra as 36.322 unidades obtidas em igual período de 2016, e que são representativas de um incremento de 29,9%. Com a subida a ser ainda mais significativa em Portugal, onde o crescimento na procura por modelos 100% eléctricos atingiu os 77,6%, resultando em 744 unidades transaccionadas.

Já entre os híbridos, o crescimento no mercado europeu atingiu os 61,2%, com o primeiro trimestre de 2017 a terminar com 111.106 unidades transaccionadas. Sendo que destas, 1.028 foram vendidas em Portugal, onde este tipo de veículos registou uma subida de 22,5%.

Finalmente e quanto aos modelos a gás natural ou a propano, tendência igualmente de subida após um ano de 2016 fraco, com 2017 a começar, nos primeiros três meses do ano, com um crescimento nas vendas de 10,4%, para um total de 54.743 unidades vendidas. Já no nosso país a subida é ainda mais surpreendente (103,7%), apesar de tal representar apenas 385 carros vendidos.

Reino Unido, Alemanha e França continuam sendo aqueles que contabilizam maior número de veículos eléctricos recarregáveis nas suas estradas, enquanto, no mercado italiano, o domínio continua a pertencer ao GPL, que depois de ter voltado a crescer, representa hoje em dia mais de metade dos veículos ditos alternativos.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt