Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Se tem um smartphone ou um tablet, prepare-se: brevemente poderá ficar viciado no jogo TwoDots. Os americanos ficaram, pelo menos. O TwoDots é a segunda versão do Dots – lançado no ano passado, e que em apenas uma semana teve um milhão de downloads das lojas virtuais e mais de 25 milhões de jogos iniciados.

Como se joga o TwoDots? É fácil, basta unir o maior número de pontos (dots) que aparecem no ecrã no espaço de um minuto. Só isto. Só que, ao contrário da primeira versão, no TwoDots agora há duas personagens principais, Amelia e Jacques, que têm de passar por 85 níveis de dificuldade.

“Tal como no Dots, o TwoDots premeia a habilidade e a rapidez de pensamento”, explica David Hohusen, criador do jogo. Para já, o jogo apenas está disponível para descarregamento na AppStore, presente em iPhone e iPad. A aplicação para Android deve ser lançada no fim do ano.

Uma rápida visita à AppStore permite perceber que o TwoDots aparece em oitavo lugar das aplicações gratuitas mais populares, tendo à sua frente os jogos Stay in the Line (que consiste exatamente em manter uma bola dentro de um percurso) e 2048 (cujo objetivo é ir somando múltiplos de dois até obter este valor), provavelmente o jogo mais popular do momento.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR