Depois das bicicletas inteligentes, das aplicações de treino físico, que gravam e analisam a performance do atleta, surgem agora as luvas inteligentes para pugilistas do século XXI.

A aplicação chama-se iPunch e os seus criadores apresentam-nas como “as primeiras luvas de combate inteligentes do mundo”. Basicamente é possível conectar as luvas com o smartphone, através de Bluetooth, e receber registo da força e velocidade do golpe.

O conceito partiu do pugilista Stephen Cains, diretor e fundador da startup Reponsive Sports, que praticou boxe, Muay Thai e Mixed Martial Arts (MMA) durante 16 anos.

Stephen Cains explicou, em entrevista ao Mashable, que passava muito tempo a treinar, mas que não conseguia determinar a sua performance sem dados. “Quando usamos dados conseguimos ver qual é o nosso melhor murro”, explicou. Então decidiu colocar sensores nas luvas de boxe. Cada uma tem dois sensores, que medem a dureza do golpe, a força e a rapidez. Assim, o atleta consegue monitorizar o seu treino e melhorar a performance.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A aplicação vai permitir ao atleta receber também instruções e comentários motivadores.

A empresa criadora da app iPunch, tem sede em Londres, Reino Unido, está a tentar angariar fundos através da plataforma de crowdfunding IndieGogo para tentar lançar o produto ainda este ano, que deverá custar 109 euros (149 dólares).