O porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, disse na sexta-feira que os EUA concluíram que o Presidente russo e a Rússia são os culpados pela queda do avião da Malaysia Airlines no leste da Ucrânia com 298 pessoas a bordo.

“Concluímos que Vladimir Putin e os russos são os culpados desta tragédia”, disse na sexta-feira durante uma conferência de imprensa o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, citado pela agência Efe.

O incidente ocorreu no dia 17 de julho, quando o aparelho, um Boeing-777, fazia a ligação entre Amesterdão e Kuala Lumpur.

Earnest referiu, em linha com o anteriormente assinalado pela Casa Branca, que a Rússia enviou armas pesadas para os separatistas no leste da Ucrânia.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Esses separatistas, que são apoiados pelos russos, receberam treino para usar esses sistemas, incluindo os sistemas antimísseis e, segundo informações nas redes sociais, esse armamento inclui o sistema SA-11”, afirmou Earnest.

“O Presidente Putin é responsável”, reiterou Earnest, indicando que Washington está a coordenar “uma resposta” com a comunidade internacional para penalizar a Rússia pelas suas ações, sem, no entanto, avançar detalhes.