Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Um mexicano, de 21 anos, morreu acidentalmente, no norte da Cidade do México, enquanto posava para uma selfie com uma arma carregada.

Segundo noticiou o The Telegraph, Oscar Otero Aguilar postava frequentemente fotografias suas no Facebook junto de carros, motociclos, mulheres ou, até mesmo, fotografias onde se exibia com garrafas de álcool.

aguilar

Otero Aguilar trabalhava numa loja de animais, estava em casa com dois amigos, Campos Vives e El Paco, em pleno convívio acompanhado por bebidas alcoólicas, quando o acidente ocorreu.

Manfredo Paez Paez, vizinho de Otero, disse ter ouvido “um tiro e de seguida um grito”. “Aí percebi que alguém se teria magoado. Liguei para a polícia, que veio de imediato e ainda o encontrou vivo”, explicou aos jornalistas. Apesar de o jovem ter sido encaminhado para o hospital com vida, acabou por morrer na ambulância devido ao tiro na cabeça. Foi feita uma autópsia que confirmou o motivo da morte.

Campos Vives, um dos amigos, disse que Otero decidiu brincar com a arma sem aperceber-se que estaria carregada. O outro amigo, El Paco está a ser investigado pela polícia dado que fugiu do local após o sucedido.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O Ministro da Segurança Pública disse que o processo levado a cabo sobre a morte de Otero Aguilar confirmou que a “morte deveu-se, aparentemente, a um acidente relacionado com uma selfie tirada para colocar no Facebook”.