Quantas vezes se percebe o que outra pessoa está a pensar ou sentir mesmo que não diga uma palavra? Sim, não precisa ser especialista para ler na expressão facial sentimentos do outro, embora haja quem por esta altura esteja reunido no Porto para o primeiro congresso mundial de expressão facial da emoção.

O Observador saiu à rua para testar a linguagem baseada apenas na expressão do rosto. Os mais corajosos aceitaram colocar-se à frente da câmara do Observador e esperar que lhes fossem ditos vários nomes. A cada um deles, teriam de responder com uma expressão que correspondesse à opinião que tinham dessa pessoa. Veja as reações a Ricardo Salgado, Pedro Passos Coelho, Cristiano Ronaldo ou Mariza.

O 1º congresso mundial em Expressão Facial da Emoção é organizado pelo Laboratório de Expressão Facial da Emoção, da Faculdade de Ciências da Saúde, da Universidade Fernando Pessoa. A medicina ao serviço dos transplantes faciais é um dos temas em debate, que contará também com vários cirurgiões da área como o responsável pelo primeiro transplante facial em 2005, Bernard Devauchelle, do Centre Hospitalier Universitaire d’Amiens (França) e Juan Pedro Barret, Vall d’Hebron Hospital (Barcelona, Espanha), que fez o primeiro transplante facial total.