O Presidente norte-americano, Barack Obama, advertiu hoje para os perigos de um conflito aberto na Ásia, numa altura em que a China mantém disputas territoriais com vários países.

No discurso, feito à margem da cimeira do G20, na Universidade de Queensland, em Brisbane, Obama analisou o acelerado progresso económico registado na Ásia Oriental desde a II Guerra Mundial.

No entanto, sublinhou que “a par deste dinamismo, há verdadeiros perigos que podem minar este progresso”.

Barack Obama citou a Coreia do Norte, por um lado, e acrescentou: “As disputas territoriais — ilhas remotas e ilhéus rochosos — ameaçam confrontos em espiral”.