O Governo assinou nesta terça-feira um protocolo com os CTT para instalar 300 Espaços do Cidadão por todo o país, 200 dos quais serão criados até ao final do ano. Os restantes 100 espaços previstos nas instalações dos CTT — Correios de Portugal vão abrir em 2016.

Na cerimónia de assinatura do protocolo entre a Agência para a Modernização Administrativa (AMA) e os CTT, em Lisboa, o ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, sublinhou que a criação de Espaços do Cidadão visa “simplificar a relação dos cidadãos com a Administração Pública e aproximar a Administração Pública dos cidadãos”.

O governante lembrou que a partir de maio deste ano todos os serviços da Administração Pública vão trabalhar em cooperação, permitindo a “dispensa de apresentação de documentos por parte dos cidadãos relativamente a informação já retida pela Administração Pública”.

A situação de “via-sacra na Administração Pública”, em que os cidadãos eram obrigados a recolher entre os diferentes serviços certificados a comprovar a sua situação, vai deixar de acontecer, explicou.