538kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 32.99/mês aqui.

Os dez acidentes de aviação mais mortíferos da história

Este artigo tem mais de 5 anos

O acidente com o avião que se despenhou esta quinta-feira com 66 pessoas a bordo, incluindo um português, faz recordar outros que marcaram a história da aviação. Conheça os 10 que mais mortos fizeram.

O Observador conta-lhe a história dos dez acidentes de avião com mais mortos
i

O Observador conta-lhe a história dos dez acidentes de avião com mais mortos

AFP/Getty Images

O Observador conta-lhe a história dos dez acidentes de avião com mais mortos

AFP/Getty Images

 

Um avião com 66 pessoas a bordo, incluindo um português residente no estrangeiro, despenhou-se esta quinta-feira durante uma viagem entre o aeroporto de Charles de Gaulle (Paris) e a cidade do Cairo, capital do Egito. Este é o 12º acidente de aviação de 2016 e, a confirmar-se a morte dos 56 passageiros e dez tripulantes, este será o acidente mais mortífero deste o início do ano, ultrapassando o “Flydubai Flight 981” – que se despenhou há precisamente dois meses na Rússia com 62 pessoas a bordo.

Acidentes como estes fazem-nos recordar outros que marcaram a história da aviação. A 11 de setembro de 2001, o embate de dois aviões no World Trade Center provocou 2907 mortos em Nova Iorque, nos Estados Unidos da América. Há quinze anos que não assistimos a um acidente de aviação com estas dimensões, mas o ano de 2014 foi particularmente trágico para a história da aviação e para as famílias das mais de 800 pessoas que morreram ou desapareceram em acidentes com aviões.

Explore a linha do tempo aqui em baixo para conhecer a história dos dez acidentes de aviação mais mortíferos de sempre.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.