Benoît Coeuré, membro francês do conselho executivo do Banco Central Europeu (BCE), defendeu esta quinta-feira que a recuperação económica chegou aos 19 países que partilham a moeda única, mas que cabe aos governos garantir que resiste.

“A recuperação da zona euro está claramente lá. O crescimento está a regressar. Todos os indicadores de negócios e de confiança das famílias apontam no sentido ascendente. E a boa notícia é que esta recuperação está enraizada na procura doméstica e nos gastos dos consumidores em particular”, disse Benoît Coeuré, em entrevista à agência noticiosa AFP.

Porém, por enquanto, a recuperação é ainda “insuficiente” e está, “de certa forma, desigualmente distribuída de país para país”, advertiu.

“A nossa preocupação é a de que a atual reviravolta seja apenas cíclica, meramente fogo de palha”, afirmou Coeuré.