A TAP e a Portugália fizeram nesta terça-feira, até às 19h00, 180 voos e cancelaram 66 devido à greve dos pilotos, disse à agência Lusa fonte da transportadora aérea. “Até às 19h00 foram feitos 155 voos da TAP e 25 da Portugália, num total de 180 voos, valor que está dentro da média dos últimos dias ou ligeiramente superior”, afirmou a mesma fonte acrescentando que foram assegurados 73% por cento dos voos previstos. De acordo com a mesma fonte, a greve dos pilotos está a ter maior adesão na Portugália.

Hoje foi o quinto dia de greve dos pilotos da TAP e da Portugália. Os pilotos convocaram uma greve, para o período entre 1 e 10 de maio, por considerarem que o Governo não está a cumprir o acordo assinado em dezembro de 2014, nem um outro, estabelecido em 1999, que lhes dava direito a uma participação de até 20 por cento no capital da empresa no âmbito da privatização.

Ao final da noite, o sindicato dos pilotos ainda não tinha dados disponíveis sobre a adesão à greve.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR