Aos 92 anos e 65 dias, Harriette Thompson, natural de Charlotte na Carolina do Norte terminou a sua 16ª maratona de San Diego. O feito merece registo no livro: é a mulher mais velha do mundo a terminar uma corrida nesta distância. Harriette atravessou a linha da meta com o filho e disse que estava bem, por estar a ser “muito mimada” durante todo o trajeto.

Harriette demorou mais de sete horas a concluir a sua prova. Um tempo impressionante tendo em conta que para além da idade, sobreviveu a três cancros e em janeiro o seu marido faleceu. “Não pude treinar muito bem porque o meu marido estava muito doente e eu tive de o acompanhar. Ele morreu em janeiro e nessa altura tive de fazer alguns tratamentos na perna”, disse a antiga pianista depois de atravessar a meta.

O segredo de Harriette? Tocar na sua cabeça as partituras de piano que a acompanharam na sua carreira como pianista. Depois de ter sofrido várias vezes de cancro, a norte-americana corre para angariar dinheiro para combater esta doença e ainda não tem a certeza se vai voltar a correr para o ano.