Do papiro à impressão 3D — a história dos sapatos é contada na nova exposição do Victoria and Albert Museum, em Londres, através de cerca de 250 pares com os mais variados materiais. Das sandálias usadas no Antigo Egito às plataformas que fizeram Naomi Campbell cair na passerelle, em “Shoes: Pleasure and Pain” não faltam sequer os sapatinhos de cristal com que Cinderela conheceu o seu príncipe.

A exposição, que fica no museu londrino até 31 de janeiro de 2016, foca-se nos modelos extremos que fizeram história, e por isso há muitos pares que parecem máquinas de tortura, apenas um par de ténis — que pertenceram a David Beckham — e uns saltos que chegam aos 28,5 centímetros.

“Sapatos são prazer, com um pouco de desconforto”, disse a curadora da exposição, Helen Persson, à revista Dezeen. Sente-se confortavelmente a ver alguns pares que selecionámos, num momento Imelda Marcos, para a fotogaleria.