Depois de no domingo ter piorado “bastante”, o estado de saúde de Maria Barroso não mudou durante a noite nem às primeiras horas desta segunda-feira. Segundo o porta-voz do Hospital da Cruz Vermelha, onde a ex-primeira-dama está internada, a condição de Maria Barroso “não registou alterações significativas”.

“Os parâmetros vitais mantêm-se estáveis, continuando em coma profundo irreversível e em situação muito crítica”, esclareceu o porta-voz numa comunicação aos jornalistas às 12h. O responsável adiantou que, caso a situação o justifique, o Hospital da Cruz Vermelha voltará a emitir um comunicado mais tarde.

Durante a manhã desta segunda-feira, Maria Barroso recebeu as visitas de familiares, como o marido Mário Soares e o filho João Soares, mas também de Jorge Sampaio e de alguns embaixadores, nomeadamente o de Marrocos e de Espanha.

Maria Barroso deu uma queda na quinta-feira à noite, em casa, depois de participar na festa de final de ano do Colégio Moderno, propriedade da família. A ex-primeira-dama entrou no Hospital da Cruz Vermelha na sexta de manhã, onde lhe foi diagnosticada uma hemorragia intracraniana pós traumática grave. Está desde então em coma profundo.