O fundo norte-americano Apollo foi o único dos três candidatos a rever, em alta, a oferta pela aquisição do Novo Banco. A data limite para a entrega das propostas finais terminou na sexta-feira. Carlos Costa, Governador do Banco de Portugal, deverá anunciar o vencedor nas próximas semanas.

De acordo com o Diário de Notícias, os grupos chineses Anbang e Fosun mantiveram os valores que já tinham apresentado. Dos três, o Anbang foi quem fez a oferta mais alta. O Fosun tem a mais baixa, o que o coloca mais longe da compra.

Na hora de decidir, o critério preferencial será o preço. Mas o jornal lembra que o Banco de Portugal poderá ainda tentar negociar os valores.

Carlos Costa vai avaliar “nas próximas semanas as propostas vinculativas apresentadas pelos três potenciais compradores, à luz das regras previstas no caderno de encargos do procedimento de alienação disponibilizado a 4 de dezembro de 2014 no sítio da internet do Fundo de Resolução e no caderno de encargos específico que estabelece o procedimento a seguir na Fase III (Propostas Vinculativas Revistas)”.

O documento que foi disponibilizado no site do Fundo de Resolução não é explicita que procedimentos são esses, nem sequer refere a existência de propostas revistas.