A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, considerou hoje, no Entroncamento, que a assinatura do contrato para venda da TAP “é uma burla”.

“O que hoje se está a passar tem todos os ingredientes de uma burla, porque o Governo que está a vender não pode vender, talvez até seja bom avisar os privados que querem comprar a TAP que estão a assinar um contrato com quem não tem poderes para o assinar. É uma burla, não pode ser. O Governo já foi demitido, não tem poderes para vender a TAP”, sustentou.

Catarina Martins falava aos jornalistas à chegada a uma sessão que decorre hoje à noite no Entroncamento.