A Google criou um novo algoritmo de compressão de dados que vai permitir às páginas do Chrome carregarem mais rapidamente.

Este novo algoritmo, chamado Brotli, poderá ser lançado mais depressa do que o esperado mas sem nenhuma data definida ainda, de acordo com o que anunciou o engenheiro de perfomance da empresa, Ilya Grigorik. A Google já tinha anunciado a criação do Brotli em setembro mas não providenciou detalhes sobre o seu lançamento oficial.

A empresa refere que o Brotli vai ser entre 20 a 26% mais eficiente do que o atual algoritmo de compressão, Zopfli, acrescentando que um tamanho mais comprimido vai permitir carregamentos de páginas mais rápidos, conta a revista Time. Mas este desenvolvimento não se vai sentir apenas nos computadores: os aparelhos móveis vão também ter benefícios como uma menor transferência de dados e uma redução do consumo de bateria.

Em concreto, a compressão de dados consiste num processo que minimiza o volume dos dados para que ocupe menos espaço e para que uma página se torne mais simples de transferir. Ou seja, quando os dados são comprimidos mais densamente é possível navegar pela Internet mas rapidamente e como menos recursos.