Rádio Observador

Contratos de Associação

Tribunal de Coimbra aceita providência cautelar entregue por colégio com contrato de associação

138

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Coimbra aceitou uma providência contra o despacho que determina que só alunos que vivam na freguesia do colégio com contrato de associação podem lá matricular-se.

Leonel de Castro/Global Imagens

Autor
  • Marlene Carriço

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Coimbra admitiu uma providência cautelar, suspendendo assim, provisoriamente, a aplicação da nova norma do despacho das matrículas (1-H/2016) que determina que os alunos que se matriculam nos colégios com contratos de associação têm de residir “na área geográfica de implantação da oferta abrangida pelo respetivo contrato”.

A notícia foi avançada pelo Movimento de Escolas com Ensino Público Contratualizado que informa ainda que, esta quinta-feira, “previsivelmente, entrarão mais duas providências cautelares no Tribunal Administrativo e Fiscal de Coimbra e amanhã serão apresentadas mais duas, nos Tribunais Administrativos e Fiscais de Leiria e de Aveiro”.

As providências cautelares serão interpostas por todo o território nacional, com uma cadência diária, e estas vêm permitir que os Pais e Encarregados de Educação continuem a proceder às matrículas e renovações de matrículas nas suas Escolas com Contrato de Associação.”

Contactado, o Ministério da Educação disse ao Observador que ainda não foi notificado da providência. O Ministério de Tiago Brandão Rodrigues poderá contestar em Tribunal.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Ministério da Educação

Um mau serviço à Educação

Carlos Fiolhais
976

Os governantes que na prática fecharam o Colégio da Imaculada Conceição, prestando um mau serviço à educação, desconhecem provavelmente os contributos dos Jesuítas para o ensino, a ciência e a cultura

Contratos de Associação

O fim de um princípio

Ana Rita Bessa
1.178

Diminui o número das escolas com contratos de associação, mas há mais alunos no ensino privado. O que sugere que tais colégios perderam a diversidade, tendo saído, sem escolha, os que não podiam pagar

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)