O Presidente português afirmou esta quarta-feira que “há um mundo de projetos possíveis” de empresas portuguesas para Cuba, no turismo, construção e energias renováveis, que somam “milhões de euros” e que o Estado cubano acompanha “com interesse”.

Marcelo Rebelo de Sousa falava aos jornalistas no centro de Havana, no primeiro dia da sua visita de Estado a Cuba.

Logo à chegada [a Havana], o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros trocou impressões comigo e eu com ele acerca de dossiês económicos que estão pendentes. E nós sabemos o interesse com que o Estado cubano está a acompanhar projetos de portugueses”, declarou.

Sem querer nomear empresas, o chefe de Estado adiantou que existe um projeto para a Zona de Desenvolvimento Especial de Mariel “que é mais avançado, de materiais de construção e construção”, e outros nas áreas do turismo e das energias renováveis.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Há um mundo de projetos possíveis”, acrescentou.

Quanto ao valor dos projetos, sem querer “entrar em pormenor”, Marcelo Rebelo de Sousa disse que “são montantes apreciáveis” e que estão “ao nível, já tudo somado, de milhões de euros”.