479kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Ladrão de Kim Kardashian contou que derreteu as jóias

Este artigo tem mais de 5 anos

O alegado cérebro por trás do assalto feito a Kim Kardashian, no passado mês de outubro, admitiu que todas as jóias roubadas, exceto o anel de noivado, foram derretidas e vendidas em Antuérpia.

Aomar Ait Khedache foi um dos 17 detidos pelo assalto a Kim Kardashian e já é conhecido das autoridades por ser veterano nestas andanças
i

Aomar Ait Khedache foi um dos 17 detidos pelo assalto a Kim Kardashian e já é conhecido das autoridades por ser veterano nestas andanças

Getty Images

Aomar Ait Khedache foi um dos 17 detidos pelo assalto a Kim Kardashian e já é conhecido das autoridades por ser veterano nestas andanças

Getty Images

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O alegado cérebro por detrás do assalto a Kim Kardashian, no passado mês de outubro em Paris, admitiu que todas as jóias roubadas, exceto o anel de noivado, desapareceram. Segundo excertos de depoimentos policiais publicados no Le Monde, e citados pela People, um dos assaltantes, Aomar Ait Khedache de 60 anos, revelou que todas as jóias da socialite teriam sido desmontadas, derretidas e vendidas em Antuérpia, na Bélgica, considerado o centro mundial de comércio de diamantes.

“Nós tomámos todos a decisão de derreter as jóias. Um de nós encarregou-se disso”, disse Khedache. Quanto ao anel de noivado, avaliado em quatro milhões de dólares – 3.737.340 euros – e já exibido por Kim nas redes sociais, o ladrão explicou que só não foi vendido porque seria “uma pedra facilmente reconhecida por muita gente”.

????

Uma foto publicada por Kim Kardashian West (@kimkardashian) a

Na foto, publicada por Kim Kardashian no Instagram, pode ver-se o anel de noivado.

De acordo com o Le Monde, estas declarações foram obtidas na sequência de um interrogatório de mais de 96 horas. Desse testemunho resultou ainda a informação de que o grupo de suspeitos já teria este assalto planeado há mais tempo e que a presença de Kim Kardashian na Paris Fashion Week – Semana da Moda em Paris – acabou por ser a “cereja no topo do bolo”, visto que estavam a par de todos os seus movimentos.

Khedache foi um dos 17 detidos pelo assalto e já é conhecido das autoridades por ser veterano nestas andanças. Sabe-se ainda que foi através da mordaça colocada à estrela da série Keeping Up With the Kardashians que se conseguiu obter o seu ADN.

Loja Observador Lifestyle

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.