O presidente russo, Vladimir Putin, ordenou esta terça-feira uma inspeção surpresa às Forças Aeroespaciais para verificação das capacidades para combate, disse o ministro da Defesa segundo a imprensa de Moscovo. “Por ordem do comandante supremo das Forças Armadas começou esta terça-feira uma inspeção de surpresa às Forças Aeroespaciais e que tem como objetivo avaliar a disposição das chefias e das tropas para o cumprimento de tarefas de instrução e combate”, disse Shoigu durante uma reunião com altas patentes militares, em Moscovo.

De acordo com vários meios de comunicação social russos, o ministro da Defesa sublinhou que durante a inspeção — que prevê colocar a força em estado de prevenção — deve também inspecionar-se com “especial atenção” a projeção da defesa antiaérea “para tempos de guerra assim como a disposição dos meios aéreos no combate a uma eventual agressão”.

O ministro acrescentou que todas as unidades que estão a ser submetidas à inspeção devem realizar “exercícios táticos”. No mesmo contexto, Shoigu sublinhou que durante a inspeção devem ser adotadas todas as medidas de segurança para que sejam evitados danos nas propriedades estatais e impactos negativos para o meio-ambiente.