o próximo dia 24 de julho, a Comissão dos Serviços Secretos do Senado vai receber o conselheiro e genro de Donald Trump, Jared Kushner, avança a CNN. Dois dias depois, a 26 de julho, é a vez de Donald Trump Jr., o filho mais velho do presidente norte-americano, e Paul Manafort, ex-chefe da campanha de Trump para as eleições presidenciais, que serão ouvidos pela Comissão Judicial do Senado, noticia a agência Reuters.

Apesar dos depoimentos em separado, o motivo é o mesmo: as investigações acerca da interferência russa nas eleições presidenciais norte-americanas.

O testemunho de Jared Kushner será ouvido à porta fechada, de acordo com fontes citadas pela CNN.

Trump Jr. reuniu-se com russos para ouvir informações sobre Clinton

O pedido do Senado para a realização destas audiências acontece na sequência da descoberta de uma reunião que o filho mais velho de Donald Trump terá tido com uma advogada russa, depois de lhe terem sido prometidas informações acerca da candidata rival à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton. Mais tarde, veio a descobrir-se que nessa reunião estiveram também os próprios Jared Kushner e Paul Manafort.