Modelo que nunca conseguiu “descolar” e tornar-se o sucesso que a marca checa esperava, o Skoda Yeti tem já sucessor: o Karoq, espécie de versão mais pequena do Kodiaq, destinado ao cada vez mais populoso segmento C-SUV, e que o fabricante de Mladá Boleslav está, actualmente, a dar a conhecer. Nomeadamente, através de dois novos vídeos, divulgados já esta segunda-feira.

Procurando aproveitar o embalo conseguido com o Kodiaq, SUV de sete lugares que a marca checa já se encontra a comercializar em vários mercados, incluindo o português, a Skoda aposta agora no segmento de mercado abaixo, com um produto que, basicamente, replica, em menores dimensões, formas e soluções estreadas no irmão maior. Juntando-lhes depois, e como não poderia deixar de ser, algumas novidades, como é o caso da disponibilização, pela primeira vez em produtos do fabricante, de um painel de instrumentos totalmente digital, ou até mesmo do sistema VarioFlex, que permite retirar os três bancos traseiros do habitáculo e transformar o SUV numa espécie de comercial ligeiro, com uma capacidade de carga total de 1.810 litros.

Ainda sobre a funcionalidade dos bancos traseiros, a marca checa revela que estes podem ser ajustáveis individualmente, ajudando a garantir, segundo o fabricante, a melhor bagageira do segmento.

Igualmente a contribuir para o elevado índice de confiança que os responsáveis da Skoda depositam no Karoq surge o facto de a marca poder beneficiar do extenso “banco de órgãos” propriedade do Grupo Volkswagen, nomeadamente, em termos de motorizações. O que permite ao fabricante de Mladá Boleslav oferecer, desde o lançamento, uma ampla oferta de motores, entre os quais dois gasolina e três diesel, com potências que vão desde os 115 até aos 190 cv.

Dependendo do motor escolhido, o Karoq tanto poderá vir com caixa manual de seis velocidades, como com automática de sete relações, além de com tracção apenas dianteira, ou integral. Esta última reforçada com modos de condução específicos para fora de estrada e neve (Snow), sendo que a inclusão do opcional Dynamic Chassis Control, garante ao condutor a possibilidade de optar entre três tipos diferentes de ajustes da suspensão.

A Skoda deu já início à produção do Karoq na sua fábrica de Kvasiny, na República Checa, a mesma linha de produção da qual saiu, recentemente, o veículo número 20 milhões na história do construtor checo – nada mais, nada menos que um Karoq.