Descrito como o mais rápido e potente Corvette alguma vez fabricado, o novo Chevrolet Corvette ZR1 acaba de ser oficialmente apresentado no Salão Automóvel do Dubai. Graças à adopção de um exclusivo V8 6,2 litros turbo LT5 a debitar 765 cv de potência às 6.300 rpm e um binário máximo de 969 Nm de binário às 4.400 rpm, este superdesportivo promete muito mais do que apenas acelerações de tirar o fôlego.

O Corvette ZR1 estreia um sistema de injecção dupla, que é também uma novidade em modelos da General Motors. Sendo que, ao novo V8, passa a ser possível associar uma transmissão manual de sete velocidades com um sistema que suaviza as passagens de caixa, ou uma caixa automática de oito relações – o que acontece pela primeira vez.

Devido à potência debitada pelo novo V8, o fabricante foi obrigado a desenvolver uma nova entrada de ar para o capot, para extrair o ar quente e ajudar a arrefecer aquele que é motor mais potente já visto num automóvel da marca norte-americana.

A par deste novo propulsor, o Chevy Corvette ZR1 exibe uma série de upgrades aerodinâmicos face ao até aqui topo de gama Z06, com os clientes a poderem, inclusivamente, optar entre dois packs: a versão standard de asa traseira mais baixa, denominada Low Wing, e um opcional High Wing, sinónimo de uma asa mais elevada e regulável em dois sentidos. Mas se o objectivo é alcançar a maior velocidade máxima possível, a opção deve recair no primeiro, o qual permite atingir os 338 km/h, gerando cerca de 70% mais de downforce que no Z06.

Para aqueles pilotos de ocasião que pretendam ir para a pista, o melhor é o kit High Wing, o qual garante até 60% mais de downforce que no Z06 com o Z07 Performance Package. Sendo que, embora ambos os packs beneficiem de um “lábio” inferior dianteiro, só o High Wing é que garante, de série, o opcional ZTK Performance Package, com splitter dianteiro maior, além de um ajuste especial do chassi, Magnetic Ride Control, assim como pneus de Verão Michelin Pilot Sport Cup 2.

Quem quiser gastar um pouco mais, pode ainda incluir o novo Sebring Orange Design Package, com uma série de aplicações em cor de laranja, conjugadas com a pintura Sebring Orange Tintocat para o exterior. A mesma tonalidade estende-se ao interior do habitáculo, nomeadamente nos cintos de segurança e nos pespontos do tablier, conjugados depois com aplicações em alumínio de cor bronze.

Segundo a Chevrolet, o Corvette ZR1 deverá entrar em comercialização no próximo Verão, por preços ainda por divulgar. Ainda que, certamente, mais que os 68.139€ em que começa, nos EUA, o actual topo de gama Z06.