Stephanie Clifford (ou Stormy Daniels, como é conhecida na indústria da pornografia, onde participou em mais de 15 produções) terá, alegadamente, conhecido Donald Trump durante um torneio de golf em Lake Tahoe, no Nevada. Era o Verão de 2006. Na mesma altura (e quando Trump era já casado com a atual mulher, Melania) os dois terão tido um primeiro caso extraconjugal no quarto de hotel onde Trump se encontrava.

A história foi esta semana noticiada pelo Wall Street Journal. O mesmo jornal acrescenta que quase uma década depois, aquando dos primeiros comícios do então candidato republicano à Casa Branca, o advogado de Trump, Michael Cohen, pagou 130.000 dólares a Stormy Daniels para que esta se mantivesse em silêncio quanto ao encontro sexual de ambos em Lake Tahoe. É certo que primeiros rumores circularam bem antes, em 2011, mas o acordo só acabou por surgir em 2016, quando a atriz pornográfica se encontrava a negociar uma entrevista à ABC.

Também ao Wall Street Journal, fonte da Casa Branca garantiu que a história foi “totalmente desmentida” antes das presidenciais norte-americanas. Por sua vez, em comunicado, o advogado Michael Cohen garantiu que o jornal está a “semear acusações excêntricas”, adjetivando-as (ao melhor estilo de Trump) como “fake news”. Cohen apresentou ainda o documento onde Stormy Daniels negava o encontro sexual com Trump e os rumores de que este comprou o seu silêncio.

O Wall Street Journal, contudo, garante que o avultado pagamento foi entregue ao advogado da atriz pornográfica, Keith Davidson, através de uma conta no City National Bank de Los Angeles. E acrescenta que a atriz chegou mesmo a ameaçar contar tudo à comunicação social quando se apercebeu que o pagamento acordado estava atrasado.

Entretanto, esta quinta-feira, a revista norte-americana In Touch trouxe mais pormenores à história. E cita a própria atriz quando esta adjetiva o sexo com Donald Trump como “bê-á-bá e genérico”. “Na verdade, nem sei porque o fiz”, acrescenta.

Trump terá alegadamente ficado encantando com Stormy Daniels durante o torneio de golf. “Ele estava sempre com os olhos em mim. E até acabámos por partilhar o mesmo carrinho ao longo do course enquanto ele jogava. Ele acabou por me convidar para jantar e respondi ‘sim, claro’”, explicou. Depois do jantar, o guarda-costas de Trump acompanhou Stormy Daniels até ao quarto do agora Presidente norte-americano. Trump estava deitado na cama. “Ele disse-me ‘anda cá’. E beijei-o.”

Depois de uma primeiro encontro sexual – a atriz garante à In Touch que se encontrou com Donald Trump noutras ocasiões –, o magnata terá afirmado, conta Stormy Daniels: “Vou-te ligar, vou-te ligar! És incrível… Tens que participar no The Apprentice [o programa de televisão que à época Trump apresentava]”.