Surto de sarampo que espoletou na região Norte, com maior predominância no Hospital de Santo António no Porto, subiu de 34 casos confirmados, para 36. Em comunicado enviado às redações, a direcção-geral da saúde adianta ainda que há 87 casos suspeitos.

Surto de sarampo. Número de casos suspeitos sobe para 34

A DGS informa que todos os casos reportados são de adultados, estando um internado em situação clínica estável. Ao todo, até ao meio-dia deste sábado, foram administradas 890 doses de vacinas contra o sarampo a funcionários do hospital de Santo António.

A instituição avisa ainda que “em pessoas vacinadas a doença pode, eventualmente, surgir com um quadro clínico mais ligeiro e menos contagioso” e recorda “que o sarampo é uma das doenças infeciosas mais contagiosas podendo provocar doença grave, principalmente em pessoas não vacinadas”. As pessoas que já tiveram sarampo estão imunizadas e não voltarão a ter a doença, informa ainda a DGS.