Apps

App da Câmara de Cascais vence prémio mundial de inovação digital da ONU

894

A aplicação City Points, criada pela Câmara de Cascais, venceu o prémio mundial de inovação digital das Nações Unidas. Esta é a primeira vez que uma autarquia recebe a distinção.

Miguel Pinto Luz deslocou-se a Viena para fazer o pitch da City Points

Uma aplicação móvel da Câmara Municipal de Cascais venceu um prémio mundial de inovação digital com impacto na sociedade das Nações Unidas. A distinção aconteceu durante a cerimónia da World Summit Awards, o órgão da ONU para as questões da sociedade de informação, e esta é a primeira vez que uma autarquia recebe o mais alto galardão da organização.

Miguel Pinto Luz, o vice-presidente da Câmara de Cascais, deslocou-se a Viena para apresentar a app City Points. A aplicação pretende contribuir para uma sociedade mais justa que recompense a cidadania responsável. No fundo, qualquer pessoa que dê sangue, recicle ou faça voluntariado em Cascais, vai acumular pontos que pode depois trocar por serviços municipais: visitas a museus ou horas de estacionamento, por exemplo. A lista de ações que podem ser recompensadas é grande e abrange várias áreas, como a cultura, o ambiente ou o desporto.

“Os cidadãos não confiam nos políticos, não confiam nos partidos e não confiam nem nas instituições nem nas grandes empresas a quem entregam os seus dados. A degradação do ambiente de confiança gera clima de todos contra todos de onde emerge o populismo e o radicalismo. Esta mão visível opera de forma a que ações que visem o bem do coletivo tenham uma retribuição positiva ao nível individual”, garante Miguel Pinto Luz, responsável pelo pitch da City Points.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: [email protected]
Governo

Um propósito nacional /premium

Sebastião Bugalho

A distância do governo a qualquer reforma não parece afugentar votos; antes pelo contrário. Apesar de ter a maior das simpatias pela natural aversão do Homem à mudança, temo que isso seja um problema.

Joana Marques Vidal

Eles atreveram-se /premium

Rui Ramos

O governo pôde sanear a Procuradora-Geral da República porque a oligarquia política está finalmente em sintonia e porque, acima de tudo, aprendeu a desprezar os portugueses.  

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)