Casamento Real

Os quatro escândalos da família Markle: paparazzi, carta a Harry, discursos contraditórios e o meio-irmão que foi preso

A família de Meghan Markle tem estado envolta em várias polémicas desde que foi anunciado o noivado. O mais recente foi protagonizado pelo pai da noiva, mas há mais.

Getty Images

O grande dia de Meghan e Harry está a chegar e, à medida que os minutos passam, a família Markle parece não dar descanso aos tablóides, acumulando escândalos. A três dias do casamento real, a polémica com o pai da noiva, Thomas Markle, tem feito correr muita tinta, mas este não é o único caso. A família da futura duquesa de Sussex tem vindo a protagonizar uma série de polémicas desde que foi dado a conhecer o noivado, em novembro de 2017.

Pai de Meghan colabora com os “paparazzi”

O mais recente episódio embaraçoso para a futura mulher de Harry foi protagonizado pelo pai. Thomas Markle decidiu não acompanhar a filha ao altar no sábado, 19 de maio depois de se ter descoberto que estava a colaborar com os “paparazzi” para que estes o apanhassem a experimentar o fato que levaria ao casamento real. Para “não envergonhar” a filha, nem a família real, o pai da noiva decidiu não estar presente naquele que será um dos momentos mais importantes da vida de Meghan. Thomas Markle disse que não o tinha feito por dinheiro, mas sim para melhorar a sua imagem pública e garantiu que nunca quis magoar a filha ou a família real.

Depois de ter anunciado que não iria estar presente na cerimónia e de ter dado “oficialmente” a honra à mãe de Meghan para que o substituísse na sua função de acompanhar a filha no dia do casamento, Thomas Markle disse o contrário. Ao TMZ disse que se a sua saúde o permitisse — sofreu um ataque cardíaco há cerca de uma semana — ainda esperava levar a filha ao altar. “Odeio a ideia de perder um dos momentos mais importantes na história e de levar a minha filha ao altar”, disse, acrescentando: “Claro que vou levá-la ao altar. É um momento histórico. Eu gostava de fazer parte da história”.

Não fosse já normal o discurso contraditório e seria estranho que voltasse a dizer, no mesmo dia, em declarações ao TMZ, que não estaria capaz de viajar para Inglaterra para assistir ao casamento de Meghan e Harry porque ia ser submetido, esta quarta-feira, a uma cirurgia ao coração.

A carta de Thomas Markle Jr.

“Quanto mais tempo passa, mais claro se torna que este é o maior erro na história dos casamentos reais”: foram estas as palavras que Thomas Markle Jr. dirigiu ao príncipe Harry numa carta que lhe escreveu à mão. No início de maio, a revista americana I Touch Weekly revelou o documento, onde se podia ler o conselho do irmão (filho do mesmo pai, mas de mãe diferente) de Meghan: o melhor é não casar porque “ainda não é demasiado tarde” e a noiva “obviamente não é a certa” para o príncipe.

O meio irmão descreve Meghan como “uma mulher aborrecida e vaidosa” que fará de Harry e da herança da família real “uma piada” e acrescenta: “ainda por cima, ela não convida a própria família para o casamento, preferindo convidar pessoas completamente desconhecidas. Quem é que faz isso?”. Thomas Jr. escreve ainda que o príncipe e a família real “deviam pôr fim” ao casamento, que, segundo o mesmo, é um “conto de fadas falso”.

No entanto, depois de ser do conhecimento público que Meghan e Harry namoravam, Thomas Jr. assegurava aos meios de comunicação que ela era “uma grande mulher” e que só tinha qualidades a apontar-lhe. Foi depois de saber que não tinha sido convidado para a cerimónia que mudou de atitude: “Seria de esperar que um casamento real aproximasse uma família que está destruída e dividida, mas, pelos vistos, somos todos família distante para a Meg”, escreveu.

Os discursos contraditórios da meia-irmã de Meghan

Samantha Grant Markle, a meia-irmã de Meghan seguiu os passos do irmão: primeiro afirmava que a futura esposa de Harry era “adorável” e a “melhor pessoa do mundo”, mas eis que os elogios se transformaram em defeitos. Em várias entrevistas, o tom de Samantha relativamente a Meghan mudou depois de saber que não fazia parte da lista de convidados para o casamento real. Segundo o ABC News, Samantha criticou a irmã por convidar “600 desconhecidos sem reservar um lugar para a família” num momento tão importante. Chegou mesmo a dirigir-se a Harry, dizendo que “defender ajuda humanitária não funciona enquanto permite que Meghan ignore os Markle”.

Um dos momentos protagonizados por Samantha foi quando respondeu ao príncipe Harry depois de este ter dito, em declarações ao programa Today da BBC Radio 4, que a família real era “a família que ela [Meghan] nunca teve”. A meia-irmã de Meghan respondeu à letra: “Na verdade, ela tem uma grande família que sempre esteve ao lado dela. A nossa família era muito normal e quando o pai e a Doria [mão de Meghan] se divorciaram, fizemos as coisas de modo a que ela tivesse duas casas”.

Noutras ocasiões, e segundo o jornal espanhol, a meia-irmã de Meghan acusou-a de ser “narcisista, egoísta, alpinista social” e afirmou que aMeghan “tem planeado, desde a infância, converter-se em princesa”. “Se a família real soubesse como Meghan trata a própria família, ficaria horrorizada”. Com 53 anos, Samantha está a escrever um livro sobre a noiva de Harry, onde a acusa de não ajudar o pai no que diz respeito aos problemas financeiros.

O meio-irmão que foi preso

Thomas Jr. não ficou apenas conhecido pela carta que escreveu ao príncipe Harry. O meio-irmão de Meghan, agora com 51 anos, estava já envolto em polémica quando esse episódio aconteceu. Como o Observador escreveu, Thomas Jr. foi preso por alegadamente ter apontado uma arma a uma mulher — Darlene Blount, a sua namorada da altura — durante uma discussão, embora tenha, posteriormente, sido absolvido.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Casamento Real

Conservadores um tudo nada modernos /premium

Maria João Marques

É um regalo ver estas instituições conservadoras atualizando-se (mesmo se em ritmo glaciar) e mostrando que, sem comprometer a raiz, procuram oferecer respostas para o mundo no ano da graça de 2018.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Detalhes da assinatura

Acesso ilimitado a todos os artigos do Observador, na Web e nas Apps, até três dispositivos.

E tenha acesso a

  • Assinatura - Aceda aos dados da sua assinatura
  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Inicie a sessão

Ou registe-se

Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)