Startups

Factory Lisbon terá vagas para 700 pessoas. Só o “rooftop” é do comprimento de dois campos de futebol

693

O campus para startups alemão vai ter 12 mil metros quadrados. Só "rooftop" terá o comprimento de dois campos de futebol e será o maior da Europa do Sul. Veja as imagens.

O terraço no telhado do campus para startups terá 200 metros quadrados

A incubadora portuguesa daquele que é um dos maiores campus para startups da Alemanha vai abrir no verão de 2019, no Hub Criativo do Beato, e terá capacidade para 700 postos de trabalho. O edifício com 12 mil metros quadrados vai ter o maior terraço no telhado (rooftop) do Sul da Europa, com aproximadamente o comprimento de dois campos de futebol. O primeiro nome a marcar presença no espaço é a Mercedes-Benz: o novo centro de inovação digital vai empregar 200 pessoas.

“Fomos profundamente inspirados pela visão do presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, de conectar pessoas e os diferentes bairros de Lisboa a este projeto”, afirma Jeremy Bamberg, presidente do Factory Lisbon. “Este parque é o nosso compromisso em ligar não apenas o público à comunidade que vai residir no edifício, mas também á história do espaço”, acrescentou.

A previsão é a de que o parque esteja aberto ao público desde o amanhecer até ao anoitecer e será uma homenagem à vida industrial do edifício onde se encontra a Factory (a antiga Fábrica de Massas e da Bolacha) e que faz parte do complexo industrial da antiga Manutenção Militar, onde será reerguido o Hub Criativo do Beato.

Para o novo centro de inovação digital da Mercedes-Benz estão estimados 200 postos de trabalho, que vão ocupar os cerca de 2 mil metros quadrados que o centro alemão terá na incubadora. Todo a arquitetura do novo edifício da Factory está a cargo do ateliê alemão  de Julian Breinersdorfer e Loescher & Boeckmann e do português José Baganha & Arquitectos Associado.

Em 2016, o Observador já tinha avançado que a organização que gere um dos maiores campus de startups da Alemanha andava à procura de um sítio para montar um em Lisboa. Desde 2012, a Factory lançou dois campus em Berlim. Simon Schaefer, atual presidente do Startup Portugal, associação para a promoção do empreendedorismo, é um dos fundadores da Factory e responsável pela internacionalização da marca.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: apimentel@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)