No mais recente vídeo de promoção ao Mégane R.S. Trophy, a Renault criou Hülkenburg, a cidade mais rápida do mundo. A acção tem como protagonista Nico Hülkenberg, um dos melhores pilotos de Fórmula 1 e considerado um alemão que nada tem a ver com os outros (de Schumacher a Vettel), em termos de simpatia.

No vídeo, Hülkenberg habita naquela que parece a sua cidade, Hülkenburg, a tal que é a mais rápida do mundo, tanto que as poucas casas que existem… só têm fachadas! O piloto germânico, certamente deliciado com a vista da esplanada no café local (e único), perdeu a noção do tempo e, tão grave quanto isso, esqueceu-se que tinha de ir buscar a sua filha à escola.

Apesar de atrasado, “Hulk” ainda teve tempo de cortar o cabelo – pai que se preze tem sempre de estar apresentável para os filhotes – e fazer um segundo pit stop para comprar flores (um gigante girassol) para apaziguar o desespero da criança. E, ainda, uma terceira paragem para apanhar a roupa na lavandaria. Tudo isto a caminho da escola.

A mensagem que a Renault pretende passar é que “o Mégane R.S. Trophy torna o dia muito mais empolgante”, o que não impede as crianças de ficarem “a secar” à espera dos pais na escola. Isto apesar do modelo ter um motor 1.8 Turbo que fornece 300 cv e 420 Nm, com uma dupla válvula de escape para trocar o ruído do motor por outro mais racing, em condução desportiva.

Nico Hülkenberg, que sempre conseguiu bater os seus companheiros de equipa em condições normais, Carlos Sainz foi o último, vai ter em 2019 o seu maior adversário na pessoa do australiano Daniel Ricciardo, que hoje conduz para a Red Bull. Caso consiga bater-se de igual para igual com o mais veloz dos australianos da F1, a reputação do piloto germânico sairá reforçada. Ainda que não vá ser uma tarefa fácil.