Brexit

Theresa May pondera antecipar eleições para novembro

A equipa da primeira-ministra britânica começou a avaliar os planos de contingência para um eventual bloqueio nas negociações do 'Brexit', que incluem a marcação antecipada de eleições em novembro.

WILL OLIVER / POOL/EPA

Autor
  • Agência Lusa

A equipa da primeira-ministra britânica, Theresa May, começou a avaliar os planos de contingência para um eventual bloqueio nas negociações do ‘Brexit’, que incluem a marcação antecipada de eleições em novembro, avançou este domingo o jornal The Sunday Times.

De acordo com a publicação, após o plano de May para a saída do Reino Unido da União Europeia (‘Brexit’) ter sido rejeitado pelos líderes europeus, os assessores da ministra estudam a hipótese de eleições antecipadas para dar apoio público a uma eventual nova estratégia do Governo.

O semanário citou ainda uma conversa telefónica entre dois membros da equipa da primeira-ministra do Reino Unido, na qual é questionada a necessidade de convocar eleições antecipadas.

No entanto, uma fonte de Downing Street assegurou ao jornal que é “categoricamente incerto” o Governo britânico estar a preparar eleições e negou que estejam a decorrer reuniões para discutir a hipótese.

Em comunicado, Theresa May disse que é o momento de “manter a cabeça fria” e “controlar os nervos”.

No documento, a primeira-ministra britânica acrescentou que sempre defendeu que as negociações do ‘Brexit’ seriam difíceis.

A líder do Governo acusou ainda o Partido Trabalhista, o Partido Liberal Democrata e o Partido Nacionalista Escocês de quererem “aproveitar o momento para receber proveitos políticos”.

Em junho de 2017, Theresa May convocou eleições antecipadas, antes de iniciar as negociações do ‘Brexit’, perdendo a maioria absoluta que detinha no parlamento.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Brexit

Londres depressa /premium

Maria João Avillez

Como se chegou ao encalhe da Grã-Bretanha nela própria? O ar esta carregado de palavras que vão e voltam sem sair do mesmo sítio, o país não parece “desatável” da União Europeia.

CDS-PP

O governo merece uma censura /premium

João Marques de Almeida

Se o Presidente, o PM e os partidos parlamentares fossem responsáveis e se preocupassem com o estado do país, as eleições legislativas seriam no mesmo dia das eleições europeias, no fim de Maio. 

Arrendamento

A coisa /premium

Helena Matos

Programas para proprietários que antes de regressarem à aldeia entregam ao Estado as suas casas para arrendar. Torres com 300 apartamentos. O arrendamento tornou-se na terra da intervenção socialista

Médicos

Senhor Dr., quanto tempo temos de consulta?

Pedro Afonso

Um dos aspetos essenciais na relação médico-doente é a empatia. Para se ser empático é preciso saber escutar. Ora este é um hábito que se tem vindo a perder na nossa sociedade, e nas consultas médicas

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)