O helicóptero do dono do clube de futebol Leicester City despenhou-se num parque de estacionamento no exterior do estádio. Segundo a BBC, o desastre aconteceu depois da aeronave ter descolado, no final da partida contra o West Ham.

Ainda não há confirmação oficial de que Vichai Srivaddhanaprabha estava a bordo, mas, a somar aos vários relatos não oficiais que dão como certa a morte do empresário tailandês, a BBC cita fonte próxima da família Srivaddhanaprabha para confirmar que o empresário ia mesmo na aeronave.

Várias testemunhas, citadas pela Reuters, referem que a aeronave transportava mais quatro pessoas. Um desses passageiros seria a filha do empresário Vichai Srivaddhanaprabha. A BBC não refere o nome da filha na notícia em que confirma a morte do dono do Leicester.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Apesar de ainda não existir confirmação oficial, apoiantes do Leicester City estão a depositar cachecóis do clube e flores perto do local do acidente ao pé de uma imagem de Ganesh, um deus hindu — a religião de Srivaddhanaprabha

Em declarações ao jornal The Independente, um dos vice-presidente dos Foxes Trust (uma associação de adeptos do Leicester City) diz que as noticias são “um pesadelo”. “Não sabemos quem morreu, não sabemos detalhes mas tenho a certeza que o clube terá um plano B”, afirmou Matt Davis.

O dono do Leicester fez fortuna com uma cadeia de várias lojas dutyfree e é considerado o 5º homem mais rico da Tailândia, com uma fortuna avaliada em 3.8 mil milhões de libras. Este domingo deverão ser divulgadas informações oficiais sobre o desastre.

Imagens amadoras mostram um enorme incêndio no tal parque de estacionamento.

O incidente aconteceu cerca de uma hora depois do final da partida e testemunhas afirmam que os serviços de emergência chegaram ao local rapidamente.

Depois de desastre gerou-se uma grande confusão, com os seguranças do estádio a tentarem restabelecer a ordem. Adeptos do clube inglês começaram a fugir e há relatos de que Kasper Schmeichel, o guarda-redes da equipa, foi visto em lágrimas.

Srivaddhanaprabha, que comprou a equipa em 2010, costuma deslocar-se para o estádio no dito helicóptero.

A policia de Leicestershire afirmou: “Estamos a lidar com um incidente nos arredores do King Power Stadium. Os serviços de emergência já estão a par do assunto e a lidar com a situação”.

A aeronave costuma aterrar e descolar do relvado — desta vez não foi diferente. O repórter Rob Dorsett, da Sky Sports News, aparece citado pela BBC dizendo que segundos depois de ter levantado voo, o helicóptero pareceu ficar fora do controlo e despenhou-se a uns cem metros de distância. Outras testemunhas afirmam ter visto um problema na hélice traseira e que isso a terá feito entrar em descontrolo.

Citado pela BBC, o fotógrafo Ryan Brown, que estava a cobrir o jogo, contou ao canal 5 britânico que viu o helicóptero a sair do estádio, antes de se despenhar. “O motor parou, literalmente. Eu virei-me e ele fez um barulho muito estranho. Depois disso, silêncio, seguido de um ‘bang’ enorme.” Brown afirma que foi a correr para local do embate e deparou-se com uma “enorme bola de fogo”.