Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Foi uma (muito longa) introdução para dizer algo de que há semanas toda a gente já suspeitava: Pedro Marques vai ser o cabeça de lista do PS às eleições europeias. Porque, justificou António Costa, o ainda ministro deu “contribuições relevantes” e tem uma “visão estratégica do futuro”, porque “conhece bem o país do ponto de vista social e do território”, porque personifica a “renovação” de quadros do PS.

Numa intervenção em que passou em revista os argumentos para a escolha do atual ministro do Planeamento e das Infraestruturas para a corrida às europeias, António Costa defendeu — na linha do que tinha feito no último congresso do partido — que “é a altura de o PS apostar na excelente qualidade de quadros” do partido. Quadros que “asseguram a renovação” de rostos do PS nos lugares de destaque, dentro e fora do país.

Costa lembrou Maria de Lurdes Pintassilgo, Mário Soares, António Vitorino e outros socialistas que lideraram as listas do PS a Bruxelas em eleições anteriores. “Escolhi alguém que, creio, está em excelentes condições para dar continuidade a essa tradição“, disse o secretário-geral do PS. Pedro Marques “conhece profundamente o país” e “conheceu como ninguém as [diferentes] realidades sociais”. O agora cabeça-de-lista — e, pelo menos até segunda-feira, ministro — tem uma “grande proximidade com todo o território” nacional”, porque “foi a 2/3 dos concelhos”. “Não há autarca com quem não tenha falado”, assegura Costa.

O líder do PS falou durante mais de 40 minutos. Pediu um “PS forte” e defendeu é ao PS que se deve a quadratura do círculo na Europa. “Sozinhos, contra tudo e contra todos”, os socialistas mostraram que “era possível estar na União Europeia, estar no euro e romper com a austeridade”.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.