O corpo de bombeiros de Bensheim, na Alemanha, teve um dia, no mínimo, invulgar na passada terça-feira. Os voluntários foram chamados para uma operação de resgate insólita, depois de uma ratazana com excesso ter ficado presa numa tampa de esgoto.

O animal foi visto pela primeira vez naquela situação por duas meninas que, prontamente, decidiram ligar para as autoridades. Michael Sehr, especialista em salvamentos de animais, foi o primeiro a chegar ao local para salvar a ratazana em apuros, mas sem sucesso. Foi preciso chamar os bombeiros, que puseram em marcha uma operação que durou cerca de 25 minutos.

A ratazana acumulou gordura no inverno e ficou preso pelo quadril”, contou Michael Sehr ao The Guardian, citado pelo El Español.

O processo de resgate envolveu oito bombeiros, que, após levantarem a tampa de esgoto, conseguiram soltar o animal. O momento foi filmado e fotografado pelos voluntários e publicado na página de Facebook dos bombeiros.

A equipa de resgate responsável pelo resgate da ratazana (Fonte: Facebook Berufstierrettung Rhein Neckar)

Houve quem criticasse os bombeiros, por terem investido tanto tempo no resgate deste animal, mas também houve quem aplaudisse a ação. “Mesmo os animais mais odiados merecem respeito”, disse um dos responsáveis pelo resgate, citado pelo jornal El Español 

Como forma de agradecimento, as duas meninas entregaram um desenho aos bombeiros, onde se podia ver uma ratazana com vários corações desenhados.

Um dos responsáveis pelo resgate da ratazana, acompanhado pelas duas meninas que contactaram as autoridades (Fonte: Facebook de Berufstierrettung Rhein Neckar)