Como é habitual, a Volkswagen aproveitou a noite que antecede a abertura de portas do Salão de Genebra à comunicação social para revelar uma novidade. E esta será uma das mais peculiares a ser construída sobre a plataforma MEB. Trata-se do I.D. Buggy que, ao contrário dos outros membros da nova família eléctrica da Volkswagen, surge ainda com uma imagem muito conceptual e não visando a produção a curto prazo.

Naturalmente, a prioridade do construtor de Wolfsburg vai para os modelos de volume, algo que este Buggy nunca ousará almejar. Contudo, abre outras hipóteses de negócio, com a marca a antecipar que o protótipo agora desvendado pode servir de base para que outros fabricantes desenvolvam os seus próprios projectos. E, com esta abertura, a Volkswagen mostra que tirou a devida lição da história, pois os Meyers Manx idealizados por Bruce Meyers na década de 60 foram tão copiados que o negócio acabou por falir…

4 fotos

De ponto de vista técnico, sabe-se que o I.D. Buggy monta baterias de 62 kWh ao centro, que lhe permitirão anunciar uma autonomia máxima de 250 km, de acordo com o novo protocolo de medição e consumos e emissões WLTP. No eixo traseiro encontra-se um motor eléctrico de 204 cv, podendo a frente acolher outro, para assegurar tracção às quatro rodas motrizes.

7 fotos

Ao contrário dos restantes I.D., este será espartano até em tecnologia. Se não possui portas nem janelas, também não prevê sistemas que lhe permitam oferecer condução autónoma. Promete, isso sim, a impermeabilidade dos materiais no interior e… muita diversão a saltar de duna em duna!