Futebol

Umtiti foi perfeito, Barkley levou os ingleses ao colo: França e Inglaterra dão passos importantes rumo ao apuramento

França e Inglaterra somaram a segunda vitória em dois jogos na qualificação para o Euro 2020 e aproximaram-se do apuramento. Umtiti foi perfeito, Ross Barkley marcou dois golos e ofereceu outro.

Harry Kane, Sterling e Ross Barkley: todos marcaram contra Montenegro

AFP/Getty Images

Portugal realizou esta segunda-feira o segundo jogo do apuramento para o Campeonato da Europa do próximo ano e à mesma hora que soou o apito inicial no Estádio da Luz também França e Inglaterra entravam em campo. Franceses e ingleses, que somaram ambos uma vitória no arranque da qualificação, conseguiram alcançar o segundo resultado positivo consecutivo sem grande esforço nem dificuldade e voltaram a ter protagonistas dignos de nota.

Comecemos pela seleção campeã do mundo. Os franceses receberam a sempre perigosa Islândia e golearam por 4-0 com quatro golos marcados por quatro jogadores diferentes. Umtiti abriu o marcador, Giroud fez o segundo, Mbappé também marcou e Griezmann fechou a conta já a cinco minutos do final. Depois da vitória imposta na passada sexta-feira à Moldávia (1-4), onde o avançado do Atl. Madrid foi o elemento em destaque na seleção francesa, desta vez foi Umtiti a assumir um papel preponderante na organização da equipa orientada por Didier Deschamps. Além do golo, o central do Barcelona não falhou um único passe dos 107 que tentou e teve 113 ações com bola, já para não falar das oito recuperações de posse que conquistou. Contas feitas no Grupo H e a França é líder com seis pontos, os mesmos que a Turquia, que também leva duas vitórias em dois jogos. A Albânia segue no terceiro lugar com três pontos, os mesmos que a Islândia, e Andorra e a Moldávia permanecem sem qualquer ponto conquistado.

Na seleção inglesa, depois do hat-trick de Raheem Sterling que contribuiu em larga escala para a “chapa cinco” aplicada à República Checa na sexta-feira, desta vez Ross Barkley a brilhar contra Montenegro. Inglaterra voltou a golear, agora fora e por 1-5, e o médio do Chelsea não só bisou (igualando o número de golos que tinha até agora enquanto internacional, dois) como ainda assistiu Michael Keane para o primeiro golo da seleção de Gareth Southgate, apontado por Michael Keane. Harry Kane e Sterling, que leva já seis golos nos últimos quatro encontros com a seleção inglesa, também inscreveram o nome na ficha de jogo e Inglaterra somou uma vitória tranquila num compromisso em que até entrou a perder, com um golo do montenegrino Vesovic logo aos 17 minutos. No Grupo A, Inglaterra é líder isolada com seis pontos. Segue-se a Bulgária, com dois pontos, o Kosovo e Montenegro, ambos com um ponto, e por fim a República Checa, ainda sem qualquer ponto conquistado.

Nos outros jogos desta segunda-feira, a Turquia goleou a Moldávia (4-0), o Kosovo empatou com a Bulgária (1-1), o Luxemburgo perdeu em casa com a Ucrânia (1-2), num jogo a contar para o grupo de Portugal, e a Albânia foi a Andorra vencer de forma inequívoca (0-3).

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mfernandes@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)