Foi Dewayne Craddock, um homem norte-americano de 40 anos, que matou esta sexta-feira 12 pessoas em Virginia Beach, nos Estados Unidos, num edifício governamental. A informação foi revelada numa conferência de imprensa por Dave Hansen, diretor municipal da cidade no estado da Virginia, e noticiada pela RTP.

“Dewayne Craddock, 40 anos, foi o autor”, disse Hansen. Craddock era funcionário municipal há 15 ano e, por isso, tinha um cartão de segurança que o permitiu entrar no edifício governamental e matar 12 pessoas e ferir outras. Acabou por ser abatido pela polícia após uma troca de tiros.

Segundo informação divulgada esta sexta-feira, Craddock estava ressentido com o local de trabalho, o que terá motivado este atentado.