O Que Há Neste Lugar? – Guia de exploração da paisagem

Texto de Maria Manuel Pedrosa, ilustração de Joana Estrela (Museu da Paisagem). 16,50€

É um livro contracorrente, para passar tempo longe dos ecrãs, passear sem rumo (e sem GPS) e ter todos os sentidos alerta. Como o subtítulo indica, O Que Há Neste Lugar? é um guia de exploração da paisagem pensado para conhecer – e assim cuidar melhor – (d)o local que habitamos. Afinal, a paisagem não é apenas a imagem que vemos nos postais, é a nossa primeira casa, “uma construção de todos”, que “resulta de tudo o que fazemos e da maneira como nos relacionamos”. Pensado para leitores a partir dos 10 anos e escrito por Maria Manuel Pedrosa (co-autora de Cá Dentro, o guia para descobrir o cérebro), o primeiro livro do Museu da Paisagem tem como objetivo formar jovens curiosos e exploradores, atentos ao que têm à volta (e não com a cabeça enfiada no telemóvel). As ilustrações coloridas e quase naïf de Joana Estrela acompanham toda a obra e no ar fica, inevitavelmente, um alerta: a de que estamos a sobreexplorar a natureza e muitas vezes de costas voltadas para o ambiente.

O Grande Livro das Aves

De Yuval Zommer (Bizâncio). 16€

Depois dos insetos e dos oceanos, chega O Grande Livro das Aves. À semelhança dos outros títulos da coleção escrita e ilustrada por Yuval Zommer, trata-se de uma obra de grande formato capaz de despertar ornitólogos de tenra idade. As perguntas destacadas na contracapa são aliciantes por si – “porque é que os flamingos são cor-de-rosa?”, por exemplo – mas dentro do livro há dezenas de outras curiosidades para descobrir. Cada um dos temas começa precisamente com uma questão, seja sobre os papagaios, os cisnes, as penas, os ninhos ou até as aves que não voam. Com direito a um pequeno glossário “para falar como um especialista de aves” e a um desafio extra: descobrir “exatamente o mesmo ovo 15 vezes ao longo do livro” (e despistar os impostores).

Mapas – Uma Viagem Deslumbrante pelas Terras, Mares e Culturas do Mundo

De Aleksandra e Daniel Mizielińscy (Harper Kids). 28,90€

É o verdadeiro atlas ilustrado e chega a Portugal com uma coleção de prémios internacionais no passaporte. Mapas é um livro de grande formato que nasceu na Varsóvia, pelas mãos de Aleksandra e Daniel Mizielińscy, para propor Uma Viagem Deslumbrante pelas Terras, Mares e Culturas do Mundo. Deslumbrante é uma palavra forte, mas à medida do projeto: ao todo são cerca de quatro mil ilustrações distribuídas por mais de 50 mapas recheados de pormenores que englobam não só os monumentos e as personalidades de cada país mas também as comidas, os animais, as plantas, os desportos e outras curiosidades, sejam montanhas enormes ou insetos minúsculos. Uma festa de diversidade, do ornitorrinco da Austrália ao acarajé (um bolinho frito feito de feijão-frade) do Brasil.

Vamos Explorar o Espaço

Texto de Timothy Knapman, ilustrações de Wesley Robins (Booksmile). 14,39€

Dividido em separadores verticais, Vamos Explorar o Espaço faz-nos entrar num foguetão para percorrer as constelações, o céu, a Lua, o Sol, os planetas, cometas, asteroides, estrelas e galáxias. A viagem que nos afasta progressivamente da Terra e nos leva para além da Via Láctea não é feita à velocidade da luz, antes de forma acessível e na companhia de três personagens: os irmãos Alice e Óscar – que querem ser astronautas – e o cão Fred (que até é parecido com a Laika). Atenção à gravidade: há cinco ilustrações que ficaram perdidas no alto de cada separador e é preciso encontrá-las nas respetivas páginas. E atenção às sequelas: na mesma coleção, acaba de ser lançado o livro Vamos Descobrir o Oceano, com o mesmo formato de separadores verticais, mas neste caso em direção ao fundo dos mares.

À Descoberta da Floresta – Guia de Exploração e de Aventuras

Texto de Goldie Hawk, ilustrações de Rachael Saunders (Fábula). 12,69€

Parece um caderno – com direito a elástico e tudo – porque foi feito à medida das mãos e mochilas de pequenos exploradores. O título diz muito: À Descoberta da Floresta é de facto um guia para sair de casa e viver aventuras ao ar livre. Neste primeiro volume de uma nova coleção – existe um segundo, lançado simultaneamente, para partir À Descoberta da Praia – aprende-se por exemplo a ler um mapa, a fazer um abrigo sem tenda, a identificar as constelações, a seguir o rasto de animais selvagens, a identificar árvores e até a tratar ferimentos. Um manual de sobrevivência e descoberta que ensina também a respeitar a natureza.

Vida na Terra: O Oceano

Texto de Heather Alexander, ilustrações de Andrés Lozano (Fábula). 13,29€

Abre, fecha e muda a página. A coleção Vida na Terra aposta num formato interativo, com livros que exploram um determinado tema através de 100 perguntas e de 70 abas com curiosidades para levantar. A par do espaço, dos dinossauros, do corpo humano e da selva, um dos volumes mais recentes é dedicado a explorar o oceano. Os miúdos (e os pais) querem saber por que razão o oceano é salgado, qual é o tubarão mais feroz ou como se vê a idade de um peixe? É ir levantando os retângulos de cartão, completamente integrados nas ilustrações.

Ao Longo da Longa Estrada

De Frank Viva (Orfeu Negro). 14,50€

Há uma linha amarela que atravessa todo o livro de Frank Viva. Começa junto à praia, passa o farol, segue pelas colinas, à volta da vila, entra na cidade pelo túnel, atravessa a ponte, serpenteia pelas ruas, sobe e desce. É uma estrada sobre a qual um personagem conduz energicamente a sua bicicleta, sempre com um ar feliz. O próprio Frank Viva — ilustrador premiado que já assinou algumas capas da revista New Yorker — gosta de andar para cá e para lá de bicicleta. Ao Longo da Longa Estrada é o seu primeiro livro para crianças e está cheio de pedalada.

Para Lá do Oceano

De Taro Gomi (Orfeu Negro). 12,90€

A partir de uma pergunta – “o que há para lá do oceano?” – uma menina imagina paisagens, cidades, casas, animais e outras crianças. Está parada na praia, à beira-mar, e ao longo de todo o livro só lhe vemos as costas. Sem sair do sítio, viaja com a imaginação, num livro japonês ao mesmo tempo contemplativo e aventureiro – feito à medida daqueles que querem ver o que há para além do horizonte.