O treinador português de futebol Carlos Queiroz, que atualmente comanda a seleção da Colômbia, vai entrar no restrito lote de 10 técnicos com 200 jogos no comando de seleções nacionais quando defrontar o Brasil em 6 de setembro.

Carlos Queiroz leva neste momento 199 jogos na liderança de seleções principais, ao serviço de Portugal (49), Emirados Árabes Unidos (19), África do Sul (24), Irão (99) e Colômbia (9). O selecionador vai juntar-se a Bora Milutinovic (286 partidas), Claude Le Roy (255), Carlos Alberto Parreira (251), Milan Macala (245), Mahmoud El-Gohary (238), Berti Vogs (230), Hernán Darío Gómez (227), Lars Lagerback (213) e Francisco Maturana (208).

O técnico luso, que em termos de clubes conta com passagens, entre outros, por Sporting e Real Madrid, além de ter sido adjunto de Alex Ferguson no Manchester United, tem uma longa carreira ao nível de seleções, tendo começado esta ligação em 1985 nos escalões mais jovens da equipa das ‘quinas’.

Queiroz venceu dois Mundiais sub-20 e um Europeu sub-17 antes de chegar à seleção principal portuguesa.

Em 6 setembro [às 01h30 de 07 de setembro], em Miami, quando defrontar o Brasil no primeiro encontro amigável após a sua conquista da Copa América.

O selecionador dos ‘cafeteros’ é atualmente o terceiro técnico com melhor percentagem de vitórias entre os que já lideraram mais de 100 triunfos em Seleções, com 56,28% (112 vitórias).