O PS perdeu gás na última semana, marcada em grande medida pelo caso Tancos. Pelo menos é o que indica a mais recente sondagem da Pitagórica para a TSF, o JN e a TVI. No espaço de uma semana, os socialistas perderam 3,5 pontos percentuais, estando agora nos 37,1% e mais longe da maioria absoluta.

“O PSD (que a meio da semana chegou a atingir os 28,5%) mantém-se nos 26,4% de intenções de voto”, adiantou a TSF ao final da tarde deste sábado. A CDU é o partido que mais sobe nesta consulta aos eleitores, chegando aos 6,4%. No entanto, no terceiro lugar nas intenções de voto continua o Bloco de Esquerda, com 10,4%.

À direita, o CDS “volta a cair e atinge o mínimo da semana”. Com 3,6% nas intenções de voto, os “populares” estão apenas “umas décimas acima do PAN”, que tem 3,1%. Nos partidos mais pequenos, a Iniciativa liberal segue com 2%, seguido do Livre (1,3%) e do Chega, de André Ventura (1,1%). O Aliança, de Pedro Santana Lopes, consegue 0,7%.

A Pitagória tem feito sondagens diárias e na primeira, a 21 de setembro, o PS chegava aos 40,6% de intenções de voto (contra os 26,6% do PSD). Ou seja, os sociais-democratas já estiveram a 14 pontos percentuais do PS.