O PSD vai propor o nome do presidente do partido, Rui Rio, para integrar o Conselho de Estado e volta a indicar Francisco Pinto Balsemão para aquele órgão, disse à Lusa fonte oficial dos sociais-democratas. O partido volta a indicar o nome do seu fundador e ex-primeiro-ministro, Francisco Pinto Balsemão, ao qual se junta Rui Rio, presidente do partido e líder parlamentar.

Já o PS — tal como há quatro anos, na sequência dos acordos com o BE, PCP e PEV que permitiram a viabilização de um Governo do PS com apoio da esquerda parlamentar —, volta a indicar Francisco Louçã, do BE, Domingos Abrantes, do PCP, e Carlos César, ex-líder do Grupo Parlamentar socialista.

A eleição dos cinco membros do Conselho de Estado eleitos pela Assembleia da República realiza-se na sexta-feira da próxima semana e os nomes tinham de ser indicados até hoje.

O Conselho de Estado é um órgão de consulta do Presidente da República composto por 19 membros, cinco dos quais eleitos pela Assembleia da República.

Relativamente aos eleitos pelo parlamento após as legislativas de 2015 sai Adriano Moreira, que tinha sido indicado pelo CDS, e entra agora Rui Rio, uma vez que os centristas perderam o direito a indicar nomes para o Conselho de Estado.