Um homem de 82 anos está desaparecido desde segunda-feira na serra de São Macário, distrito de Viseu, informou esta quinta-feira a GNR, que vai reduzir o número de operacionais envolvidos nas buscas.

O alerta para o desaparecimento do homem, natural de Moledo, Castro Daire, foi dado na segunda-feira, tendo as buscas sido feitas na terça e quarta-feira com um helicóptero e um drone com câmara térmica, além de equipas cinotécnicas, explicou o tenente-coronel António Resende, relações públicas do Comando Territorial de Viseu da GNR.

“Não conseguimos qualquer pista. Já passaram quatro dias sobre o desaparecimento e, não havendo nenhuma pista, vamos diminuir a partir desta sexta-feira o número de efetivos, mas já sensibilizámos organizações que, por força das suas atividades, conhecem a serra, para darmos continuidade às buscas”, adiantou o tenente-coronel.

À agência Lusa, o relações públicas do Comando Territorial de Viseu da GNR especificou que entre as pessoas sensibilizadas estão “os escuteiros, a associação de caçadores e os moradores da região”.

“Não se sabe o que é que o senhor poderá ter ido fazer para a serra de São Macário, mas pode ter-se desorientado, até por causa dos cortes de estrada que aconteceram devido à tempestade Elsa, uma vez que a viatura foi encontrada atolada”, contou.