As lojas Continente, do grupo Sonae MC, tiveram caixas de 100 unidades de máscaras descartáveis à venda por 150 euros. A informação foi confirmada ao Observador por fonte oficial da Sonae MC que, afirma, está “empenhada em encontrar alternativas que vão ao encontro das necessidades atuais dos portugueses”.

E essa resposta passou por colocar as caixas de máscaras à venda em caixas com alarme — usualmente utilizadas para artigos eletrónicos ou de maior valor —, como é visível na fotografia partilhada no Facebook por um utilizador cuja esposa foi surpreendida com o preço do artigo na loja.

Fotografia partilhada no Facebook de Tiago Joana, dia 12 de março.

Fonte oficial da empresa “admite que o preço do fornecimento é elevado” e que esse fator motivou a “retirada imediata do produto das lojas”, embora não tenha esclarecido quanto tempo esteve à venda, ou em que lojas — além do Gaiashopping —, e quantas unidades foram vendidas.

A Sonae MC diz ainda que irá “proceder à devolução do valor” a “todos os clientes que pretendam devolver o produto”, embora também não tenha esclarecido ao Observador se algum dos clientes já fez a devolução do produto.

Recorde-se que, na semana passada, a plataforma online OLX retirou todos os anúncios de vendas relacionados com a Covid-19 “por tempo indeterminado” devido aos “elevados preços colocados em anúncios de acessórios ligados a esta epidemia”, acrescentando que que não estava disponível para “compactuar com quem pretende tirar contrapartidas financeiras” com o novo coronavírus.