A congressista Tusli Gabbard anunciou esta quinta-feira que abandonou a corrida presidencial nos EUA, endossando a candidatura do ex-vice-Presidente Joe Biden, que lidera nas sondagens das primárias democratas.

Tulsi Gabbard deixou agora na corrida das primárias democratas para as presidenciais de novembro próximo apenas dois candidatos Joe Biden e Bernie Sanders, anunciando que vai permanecer no Congresso, onde representa o estado de Hawai.

“Sinto que a melhor forma de prestar assistência neste momento é continuar a trabalhar pela saúde e bem-estar das pessoas no Hawai a partir do Congresso”, disse Gabbard, numa mensagem distribuída aos jornalistas.

A congressista anunciou o seu apoio a Joe Biden, com quem foi revelando vários pontos de contacto ao longo da campanha, dizendo que considera que o ex-vice-Presidente será o melhor candidato para enfrentar o republicano Donald Trump, atual Presidente dos Estados Unidos.

Gabbard tinha tido um bom resultado nas primárias do estado de New Hampshire, onde intensificou as suas atividades de campanha, mas foi acumulando uma série de pesadas derrotas contra os adversários do Partido Democrata.

As primárias democratas têm visto algumas eleições afetadas ou adiadas, nas últimas semanas, por causa do impacto da crise de saúde pública causada pelo novo coronavírus.

As eleições presidenciais norte-americanas realizam-se no início de novembro.