O Bureau Político do MPLA reúne-se na terça-feira sob a direção do presidente do partido e chefe do executivo angolano, João Lourenço, para analisar temas internos, bem como as implicações da calamidade pública declarada em Angola por causa da Covid-19.

A 2ª reunião ordinária do Bureau Político vai focar-se na situação política, económica e social do país, bem como de questões que se prendem com a vida interna do partido, adianta uma nota do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), partido no poder desde 1975.

Entre os temas a abordar estão os “imperativos legais inerentes à situação de calamidade vigente no país, bem como o cumprimento das orientações dimanadas pelas autoridades sanitárias, no âmbito das regras de biossegurança e das medidas de proteção, de forma a garantir a vitória contra a pandemia da Covid-19”.

A cúpula do partido vai também debater o processo de preparação e realização do 7o Congresso Ordinário da OMA (Organização da Mulher Angolana), o braço feminino do partido, marcado para o primeiro trimestre do próximo ano, e a regularização das direções do MPLA nas províncias do Cunene, Huambo, Luanda e Uíge.

Na reunião serão apreciadas também as informações do Secretariado do Bureau Político e da Comissão de Disciplina e Auditoria do Comité Central sobre as atividades desenvolvidas pelo partido e as suas organizações sociais, durante o primeiro quadrimestre de 2020.

Os primeiros secretários provinciais do partido e os demais membros do Bureau Político residentes fora de Luanda vão participar na referida reunião através de videoconferência, atendendo às medidas que vigoram para conter a propagação da Covid-19 e a cerca sanitária que se mantém nesta província.