Na Europa, para evitar abusos, as bicicletas eléctricas estão limitadas a motores com 250W, destinados a reduzir o esforço de quem tem de pedalar, dando uma ajuda sobretudo nas subidas mais íngremes. Nos EUA, os limites das e-bikes tendem a variar entre estados, mas abundam os locais em que o céu é o limite no que diz respeito ao motor e à capacidade de bateria, com a diferença que o motor pode ser operado sem ser em modo de assistência aos pedais. É para os clientes dessas regiões que a Swind concebeu a EB-01, a mais rápida e-bike do mercado, que nem precisa que o ciclista… pedale.

Na características técnicas, salta à vista o facto de a Swind estar equipada com um motor de 15 kW, precisamente 60 vezes mais do que o máximo permitido na Europa. Isto explica que a EB-01 atinja 97 km/h, podendo ser facilmente alterada para circular a 129 km/h, ainda que durante menos tempo, devido aos 1,75 kWh de capacidade da bateria.

6 fotos

Devidamente equipada com pedais, apesar de conseguir fazer cavalinhos só de acelerador – que o diga Simon Cowell que quase ficou paraplégico ao fazer uma habilidade destas –, a Swind possui um quadro com um aspecto futurista em alumínio e fibra de carbono, com suspensões invertidas à frente (com 200 mm de curso) e uma suspensão traseira (com 220 mm) que faz lembrar a de uma moto.

Com o potencial que anuncia para atingir alta velocidade, a EB-01 monta duplo disco de travão na roda anterior (caso único numa bicicleta) e um na posterior. O preço desta maravilha tecnológica, que na Europa não será homologada como bicicleta quando as autoridades descobrirem a potência que possui, ronda os 18.300€, antes de impostos.

Segundo o Daily Mail, era uma Swind EB-01 que Simon Cowell estava a testar quando caiu para trás a fazer um cavalinho. À queda no jardim da sua casa, em Malibu, seguiu-se uma operação de seis horas, durante a qual lhe foi inserida uma vareta de titânio para lhe reforçar a coluna. O que levou o criador do America’s Got Talent a aconselhar algum cuidado a quem adquirir uma bicicleta eléctrica e a ler cuidadosamente o manual antes de experimentar o veículo.