Em 1952, a Ferrari associou-se a um especialista em embarcações, o estaleiro Timossi, nas margens do lago de Como, para produzir um Ferrari com casco capaz de bater o recorde de velocidade sobre água. Caracterizado como um hidroplanador, também conhecido como thunderboat, o barco é largo à proa, onde possui dois flutuadores laterais, e muito estreito à popa.

8 fotos

Com apenas 800 kg, o Ferrari Arno XI tinha no motor, produzido pela casa italiana, um dos seus principais trunfos. O Cantieri Timossi conseguiu “enfiar” na frente do barco um V12 concebido por Enzo Ferrari, com 4,5 litros de capacidade. O motor foi herdado de um Ferrari 375 F1 de 1950, que fornecia inicialmente 450 cv.

Perante os resultados iniciais, rapidamente Enzo Ferrari percebeu que o motor que usava nos seus F1 da época necessitava de mais potência para bater o recorde, o que o levou a montar dois compressores volumétricos, elevando a potência para qualquer coisa entre 500 e 600 cv, dependendo da pressão de sobrealimentação. Foi nestas condições que o Arno XI atingiu 241,65 km/h no lago Iseo, em 1953, recorde que ainda hoje se mantém na categoria de 800 kg.

3 fotos

O Ferrari Arno XI foi leiloado pela RM Sotheby’s por 868.000€ em 2012, estando agora de novo à venda, através da DuPont Registry, com o vendedor a ter informado a Business Insider que a embarcação foi devidamente certificada pela Ferrari Classiche e que está a pedir 12 milhões de dólares, cerca de 10,1 milhões de euros.