213kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

O MEO ajuda-o a poupar, simule aqui.

Covid-19. Os concelhos mais fustigados pelo vírus

Com base no Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica, Paços de Ferreira e Lousada têm mais casos por 100 mil habitantes, Lisboa e Sintra têm mais casos e mais novos. Veja os gráficos.

i

O Boletim Epidemiológico da DGS só contém dados para os municípios fornecidos pelo Sinave

AFP via Getty Images

O Boletim Epidemiológico da DGS só contém dados para os municípios fornecidos pelo Sinave

AFP via Getty Images

Paços de Ferreira e Lousada, dois dos concelhos da região Norte onde foram impostas medidas mais restritas a 23 de outubro, estão entre os municípios com mais novos casos na última semana e são, neste momento, os dois concelhos que têm o maior número de casos registados por 100.000 habitantes: 963 e 705 por 100.000 habitantes, respetivamente. As conclusões são baseadas nos dados do Boletim da Direção-Geral da Saúde, apresentado esta segunda-feira, e dizem respeito ao total de notificações médicas feitas no Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica (Sinave), sem incluir as notificações laboratoriais.

Todos os municípios que têm mais de 1.000 casos registados no Sinave tiveram um crescimento inferior a 30% — se se tiver em conta, no entanto, os números absolutos foram os que tiveram maiores crescimentos: 542 novos casos em Paços de Ferreira (aumento de 29,4%), 334 em Lousada (26,7%) ou 497 em Matosinhos (20,5%). E, considerando os três municípios com mais novos casos (números absolutos) em relação à semana passada, o cenário é este: Lisboa (961), Sintra (691) e Porto (624), aumentaram 10,4%, 9,3% e 17,8%, respetivamente.

Entre os 15 municípios que tiveram um crescimento percentual do número de casos igual ou superior a 40%, 12 não chegaram sequer aos 50 casos registados no Sinave. Mas a ausência das notificações por parte dos laboratórios pode gerar grandes discrepâncias, como aliás se evidencia nos números de Estremoz, Borba e Vila Viçosa, com um aumentos percentuais de 76,5%, 68,9% e 66,7%, respetivamente, se a contagem atual fosse 34, 45, 24 casos. Mas Vila Viçosa, por exemplo, tinha no dia 24 de outubro 101 casos registados, segundo a Rádio Campanário com base nos dados do município.

Tendo em conta os dados do Sinave, a diferença mais significativa está no concelho de Beja que praticamente duplicou o número de casos numa semana, 114 para 233, tendo, neste momento, 338,5 casos registados por 100.000 habitantes.

Lisboa e Sintra são não só os concelhos com maior número de casos registados desde o início da pandemia no Sinave, como também aqueles que mais novos casos registaram na última semana naquela plataforma. Porto, Paços de Ferreira e Matosinhos completam o top 5 dos municípios com mais novos casos registados na última semana.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.