Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A rainha Isabel II passou a noite desta quarta-feira no hospital privado Rei Eduardo VII, em Londres, após ter cancelado uma viagem à Irlanda do Norte por precaução, aconselhada pela sua equipa médica. Entretanto, teve alta e já regressou ao Castelo de Windsor, estando “de bom humor” e já a realizar algumas tarefas ligeiras.

Um porta-voz do Palácio de Buckingham comunicou à imprensa britânica que “depois de algumas recomendações médicas para descansar por alguns dias, a rainha deslocou-se ao hospital na quarta-feira à tarde para realizar algumas análises preliminares [ao seu estado de saúde], regressando ao Castelo de Windsor durante a hora do almoço desta quinta-feira”.

Viagem de Isabel II à Irlanda do Norte cancelada. Médicos aconselharam a rainha a descansar

A equipa da monarca de 95 anos negou ainda que a hospitalização tenha a ver com a Covid-19. Além disso, acrescentou que não comunicou mais cedo não só porque seria apenas uma estadia curta de uma noite, como também argumentou que a rainha tem direito à sua privacidade.

A rainha Isabel II tinha planeado uma viagem de dois dias à Irlanda do Norte. O comunicado, publicado esta quarta-feira e que informava sobre o cancelamento, indicava que “Sua Majestade está bem disposta e desapontada por já não poder visitar a Irlanda do Norte, onde estava previsto realizar uma série de compromissos”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Um dia antes, Isabell II foi anfitriã de uma receção no Castelo de Windsor para líderes internacionais de investimento, para marcar a cimeira Global Investment. A rainha esteve acompanhada por outros membros da família real, como o príncipe Carlos, o príncipe William e o duque e a duquesa de Gloucester, assim como pelo primeiro-ministro Boris Johnson. Bill Gates foi um dos convidados desta cerimónia.

Rainha Isabel II aparece em público com bengala, o que não acontecia há quase 20 anos

Após a morte do marido em abril, a rainha retomou a sua agenda, tendo marcado presença em vários compromissos. Em algumas destas ocasiões foi possível ver a monarca a usar bengala, algo que já não acontecia em quase 20 anos. Segundo a imprensa britânica, a rainha terá usado a bengala por uma questão “de conforto” e “não por uma questão médica específica”.

Rainha Isabel II é a convidada especial (e inesperada) da cimeira do clima em Glasgow

O próximo evento que Isabel II tem agendado é a Cimeira do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), em Glasgow, na Escócia, que começa a 31 de outubro e durará 12 dias.