Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

19 dias consecutivos que o número de pessoas internadas com Covid-19 em hospitais portugueses está a aumentar. Desde o boletim diário divulgado pela Direção Geral da Saúde a 7 de novembro — ou seja, há quase três semanas — que o número de pessoas hospitalizadas cresce em Portugal. Nesse dia 7, a DGS reportava o internamento de 341 doentes com Covid-19 em hospitais portugueses. Passados 19 dias — esta quinta-feira, 25 de novembro — estão internados 691. Ou seja, cerca do dobro: mais 350.

Apesar dos hospitais portugueses estarem com o dobro dos doentes internados com Covid-19 face aos números de há três semanas, o total de internamentos continua a ser muito inferior ao que se verificava na mesma altura de 2020. Aí estavam internadas mais de 3 mil pessoas (3.251) em hospitais portugueses, ou seja, quase cinco vezes mais.

Estes são dados que podem ser concluídos da interpretação do mais recente boletim diário divulgado pela DGS, relativo à evolução da pandemia da Covid-19 no país. O relatório reporta que ao longo das últimas 24 horas — de esta quarta-feira, 24 — foram identificadas 3.150 novas infeções e que morreram nesse período mais 15 pessoas.

Ao todo, a pandemia no país já originou mais de um milhão de testes de diagnóstico positivos à infeção — 1.133 241, mais exatamente — e já provocou mais de 18 mil mortes (18.385).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Mais 752 casos do que no mesmo dia da semana passada

No mesmo dia da semana passada (quinta-feira, 18) contabilizaram-se 2.398 casos e 12 mortes.  Tal significa que passada exatamente uma semana contabilizaram-se mais 752 casos novos e mais 3 mortes no país.

Há exatamente um ano — 25 de novembro de 2020 — o boletim da DGS reportava 5.290 casos (mais 2.140) e 71 mortes (mais 56).

Mais 10 internados, menos 2 em cuidados intensivos

O número de doentes internados com Covid-19 nos hospitais portugueses subiu para 691. São mais dez doentes hospitalizados face ao dia anterior.

Nos cuidados intensivos estão 103 pessoas, menos duas do que na véspera.

Portugal está com quase 50 mil infetados neste momento

Neste momento há quase 50 mil casos ativos de infeção pelo SARS-CoV-2 em Portugal. Mais concretamente, há 49.525 casos ativos. São mais 1.493 face ao dia anterior.

O número de casos ativos refere-se ao número de pessoas dadas como estando clinicamente infetadas de momento — o que exclui infetados que já recuperaram e também aqueles que não resistiram à infeção.

Nas últimas 24 horas foram 1.642 as pessoas que recuperaram da doença.

Há exatamente um ano, a 25 de novembro de 2020, Portugal tinha cerca de 80 mil casos ativos de infeção pelo novo coronavírus.

Centro com quase 700 novos casos, Madeira com mais de 100, Açores com apenas 11

No que toca à distribuição geográfica dos novos casos, Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a região do país com um maior número absoluto de novas infeções: foram detetadas 1.096 nas últimas 24 horas.

Segue-se a região Norte do país, com 848 novas infeções.

O Centro é a terceira região com mais novos casos em termos absolutos, totalizando quase 700 (mais concretamente, 696) — um número especialmente relevante dado o menor número de habitantes que tem, face a Lisboa e Vale do Tejo e à região Norte.

Segue-se o Algarve com 199 novos casos, o Alentejo com 173, a Madeira com 126 e os Açores com 11.

Maioria das vítimas mortais era de LVT, Norte e Centro

Das 15 pessoas que morreram esta quarta-feira infetadas com Covid-19 em Portugal, seis eram da região de Lisboa e Vale do Tejo, quatro eram da região Norte, três eram da região Centro, uma era do Algarve e outra era da Madeira.